Urbanismo

A partir da experiência de Barcelona, como sede das Olimpíadas de 1992, se estabelece a cultura do projeto urbano como instrumento de revitalização e renovação urbana de partes da cidade. Seguindo a ideia de “acupuntura urbana” do arquiteto Manuel de Solà – Morales a Bohrer&Pernau detecta, no tecido urbano de Porto Alegre, áreas passíveis de um projeto de renovação urbana, a partir de uma idéia global de projeto de cidade.

Significa a retomada do olhar de Porto Alegre sobre a ótica de um projeto coletivo, onde através de projetos urbanos pontuais, se construa cidade.

Porto Alegre está na iminência de vivenciar importantes mudanças no uso de sua orla.


DISSERTAÇÃO

O Aterro Praia de Belas e o Aterro do Flamengo

 

 

Em 2001, a arquiteta Maria Dalila Bohrer publicou a Dissertação de Mestrado “O Aterro Praia de Belas e o Aterro do Flamengo”, apresentada como requisito para obtenção do título de mestre junto ao Programa de Pós-Graduação em Arquitetura – PROPAR.

O trabalho analisa, de forma comparativa, o processo histórico que conduziu à construção do Aterro do Flamengo, na cidade do Rio de Janeiro e do Aterro Praia de Belas, na cidade de Porto Alegre, ambos na metade do século xx. Elege como ponto focal da análise o aspecto da concepção e do desenho dos espaços projetados na orla das duas áreas aterradas.

Ao constatar que o Aterro do Flamengo construiu um novo espaço urbano – um parque urbano à beira-mar com praia – e que o Aterro Praia de Belas não conseguiu transformar-se em um espaço público unitário de convívio com o Guaíba, o estudo busca detectar, na sua faixa de orla, os segmentos de maior centralidade capazes de instaurar relações urbanísticas entre o lago, a área aterrada e a cidade.


Revitalização do Porto Velho | Rio Grande – RS

O arquiteto Augusto Pernau foi co-autor do projeto vencedor do concurso público nacional de arquitetura e urbanismo para a revitalização do porto velho da cidade de Rio Grande-RS, realizado em 1998. O concurso foi patrocinado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Secretaria Estadual dos Transportes–Superintendência do Porto de Rio Grande, e coordenado pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil – departamento do Rio Grande do Sul.